Os benefícios da cirurgia oncológica

Tempo de leitura: 3 minutos

cirurgia

A cirurgia oncológica é um dos tratamentos contra o câncer, ao lado da quimioterapia e radioterapia.

Ela é uma parte importante da abordagem multidisciplinar do tratamento e envolve a integração de diversas especialidades médicas e terapêuticas. 

Sendo assim, essa intervenção cirúrgica pode ser utilizada para prevenir, diagnosticar, estadiar e tratar o câncer.

Ou seja, além de contribuir para a cura, a intervenção cirúrgica pode ter também uma finalidade paliativa, sendo indicada para alívio dos sintomas decorrentes do tumor.

Quer saber mais? Então veja abaixo os principais  tipos de cirurgia oncológica.

Quais são os tipos de cirurgia oncológica?

Cirurgia de Estadiamento do Câncer: O objetivo dessa operação é diagnosticar o tipo de câncer, através de biópsia, além de verificar se há disseminação da doença. Assim, a área do tumor é examinada, de modo a fornecer informações que poderão orientar as decisões sobre o prognóstico do paciente. 

Cirurgia de Remoção: Essa cirurgia é usada para remover parte do tumor, mas não a doença por inteiro. Isso acontece porque retirar todo o tumor pode causar danos agressivos aos órgãos ou tecidos próximos. O restante do tumor no organismo pode ser tratado com radioterapia, quimioterapia ou outros tratamentos.  

Cirurgia Curativa: Essa intervenção é recomendada quando o tumor está localizado em apenas uma parte do organismo. Assim, é possível, através da cirurgia curativa, retirar toda a doença. Sendo assim, consiste na remoção total do tumor.

Cirurgia Paliativa: A cirurgia paliativa tem como objetivo o alívio dos sintomas do câncer que causam desconforto ou incapacidade ao organismo e é indicada em estágios mais avançados da doença. Sendo assim, ela garante mais qualidade de vida aos pacientes. 

Cirurgia de Suporte: A cirurgia de suporte é realizada para que se consiga acesso a outras opções terapêuticas, facilitando assim o procedimento. Um exemplo é a inserção de cateter para a administração da quimioterapia. 

Cirurgia de Reconstrução: A cirurgia de reconstrução tem como objetivo restaurar esteticamente a aparência ou a função de um órgão após mutilação causada por outra cirurgia, como a cirurgia curativa ou parcial. Um exemplo é a reconstrução da mama após retirada de um tumor. 

Cirurgia Preventiva ou Profilática: A cirurgia preventiva ou profilática é feita para remover um tecido ou órgão com elevado risco de tornar-se câncer. Ou seja, pode ser realizada mesmo que não exista sinais de câncer no momento da cirurgia. Assim, previne-se o desenvolvimento da doença. 

Como visto, a cirurgia oncológica é recomendada para obter melhores resultados em termos de cura, sobrevida e aumento de qualidade de vida para o paciente. 

Para isso, é importante que haja uma assistência ampla, completa e individualizada, respeitando as necessidades e a história de vida do paciente.

A equipe da Clínica Nexa atua, sobretudo, no diagnóstico e tratamento dos tumores do aparelho digestivo, sendo eles, esôfago, estômago, pâncreas, fígado e intestinos.

O atendimento humanizado, atrelado ao rigor técnico-científico ao cuidado ético do paciente e de sua família é a nossa premissa na atenção ao paciente oncológico. 

Acesse nosso site. Acompanhe-nos no InstagramLinkedIn e Facebook



Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.