Comeu demais? Aprenda a controlar a compulsão alimentar e evitar a obesidade

Tempo de leitura: 4 minutos

Já ouviu falar em compulsão alimentar?

Você certamente já exagerou na comida em algum momento da sua vida. A maioria das pessoas, principalmente a que estão acima do peso, faz isso muito mais vezes do que realmente revela fazer.

Seja em festas, restaurantes ou almoço de família, a vontade de comer mais aparece muitas vezes pelo simples fato da comida estar muito boa e logo vem o desejo de comer “só mais um pedacinho”.

No entanto, se o comer excessivamente se torna um hábito, pode ser um possível indício de um transtorno alimentar e não apenas um deslize que gera a falta de autocontrole.

O problema é que seguidos episódios de compulsão alimentar em pouco tempo se tornam uma causa importante da obesidade.

Saiba a importância da compulsão alimentar no controle da obesidade.
Saiba a importância da compulsão alimentar no controle da obesidade

Vejamos um exemplo:

Suponhamos que você tem uma perda de controle frequente e consome cerca de 300 calorias em excesso  durante 5 dias da semana, no fim da semana você terá 1500 calorias em excesso.

Em contas rápidas, no fim do ano serão 78000 calorias a mais. Em quilos, esse pequeno distúrbio alimentar representa 10 quilos em apenas um ano… Só comendo um pouco a mais todos os dias.

Mas afinal, o que a compulsão alimentar?

– O que é compulsão alimentar?

Basicamente, compulsão alimentar é uma doença mental onde as pessoas continuam a comer mesmo depois de já ter o apetite saciado.

Responda com sinceridade:

  • Quantas vezes você comeu mais no almoço mesmo já estando satisfeito?
  • Comeu a sobremesa mesmo depois de exagerar no prato e ainda repetir?
  • Já assaltou a geladeira mesmo depois de jantar?


Muitas pessoas fazem isso todos os dias e não se dão conta da quantidade de alimentos que ingerem excessivamente todos os dias.

O que muitas vezes é motivo de piadas entre colegas e familiares, na verdade pode ser um sinal de compulsão alimentar.

Como identificar a Compulsão Alimentar?

Entre as características mais comuns desta doença estão alguns sintomas que isolados dificilmente seriam caracterizados como transtorno de compulsão alimentar.

Porém se a pessoa apresentar uma combinação das características abaixo, procure um especialista e verifique se existe a possibilidade de ser compulsão alimentar.

  • Se alimentar muito rápido;
  • Comer mesmo sem fome ou depois de sentir-se satisfeito;
  • Alimentar-se escondido;
  • Acordar à noite para comer;
  • Ter sentimento de tristeza ou culpa depois de comer muito.

Como Controlar a Compulsão Alimentar?

Para evitar o desejo incontrolável de comer e se livrar dos riscos da obesidade é essencial adotar novos hábitos alimentares ou a popular reeducação alimentar.

Não estamos falando de um cardápio de dieta muito restrito e sim de evitar grandes quantidades de alimentos. 

A teoria é simples como parece. Mas na prática, é preciso força de vontade.

Separamos  6 itens que podem te ajudar a parar a compulsão alimentar sem a necessidade de remédios diários:

Para controlar a compulsão alimentar, siga alguns passos:

1. O que faz você comer descontroladamente?

Quando a vontade de atacar a geladeira aparecer, pare e pense no que você está sentindo de verdade. Desta forma você consegue identificar quais os desejos podem estar despertando a fome e inicia o processo para controlar a compulsão alimentar.

2. Evite comer a cada 3 horas

Espere a fome chegar para se alimentar. Essa é outra forma de identificar os reais desejos por trás da fome.

3. Escolha alimentos ricos em fibras

Quando a fome chegar, dê preferência para alimentos ricos em fibras. Priorize comer frutas, verduras, hortaliças e gorduras boas, pois são opções que te deixarão saciado por mais tempo.

4. Não economiza na água

Além de controlar a fome e inibir o desejo repentino por comer sem necessidade, beber água é essencial para manter um corpo saudável.

5. Evite alimentos industrializados

Independente se você tem ou não compulsão alimentar, essa dica é muito valiosa. A falta de fibra nos alimentos industrializados dificultam a saciedade através da alimentação. Para quem está lutando contra compulsão alimentar, não estar saciado é um grande risco para cair na tentação.

6. Inclua exercícios físicos na sua rotina

A sensação de prazer e bem-estar causados pela atividade física são excelentes para quem deseja controlar o desejo frequente por comida.

Além disso, vale ficar de olhos bem abertos aos sinais de ansiedade, tristeza e depressão. Não despreze esses sinais sentimentais.

É muito importante lembrar que ao controlar o consumo excessivo de alimentos você dá um grande passo no combate a obesidade, se beneficiando não apenas na imagem corporal, mas principalmente no bem estar de uma vida saudável. 

Confira também nosso site e as soluções cirúrgicas para cirurgia bariátrica e metabólica – também conhecida como cirurgia da obesidade, ou, popularmente, redução de estômago

Acompanhe-nos também no
facebook e instagram.

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.